Confraternizações de final de ano aumentam número de casos da Covid-19 na Fronteira-Oeste

Confraternizações de final de ano aumentam número de casos da Covid-19 na Fronteira-Oeste

Região contabiliza 16.486 casos confirmados

Fred Marcovici

Segundo Heili, as autoridades sanitárias projetam um avanço expressivo do número de casos da Covid-19 no bimestre de verão

publicidade

A 10ª Coordenadoria Regional de Saúde (10ª CRS), sediada em Alegrete, divulgou nesta terça-feira o perfil de casos da Covid-19 nos municípios da Fronteira-Oeste do Estadoo. De acordo com a titular da CRS, Heili Temp, nas 11 cidades, foram identificados 16.486 casos confirmados, um avanço de 1.731 novas notificações se comparado com o levantamento da última semana, além de 250 mortes desde o início dos registros do novo coronavírus na região. Foi totalizado um aumento geral de 11,73% em sete dias e 40,71% nos últimos 28 dias, o que é considerado um crescimento exponencial.

Segundo Heili, as autoridades sanitárias estão projetando um avanço expressivo do número de casos da Covid-19 no bimestre de verão. O aumento significativo, de acordo com a coordenadora, é decorrente das aglomerações que aconteceram nas festividades de Natal e Ano Novo. "Reiteramos o apelo à população para que siga os protocolos de distanciamento controlado", conclui.

Em Uruguaiana, foram confirmados 4.550 casos, sendo 276 ativos, e 71 mortes creditadas ao município, apresentando evolução de 36,06%. São 24 pacientes hospitalizados (oito em UTI) e 868 pessoas em isolamento domiciliar com síndrome gripal monitorada. Há 4.218 recuperados. O município testou 25.807 pessoas (Lacen, Laminf, SMS, Ufpel, Unipampa e Ibope), maior índice de testagem em números absolutos, casos e também de óbitos na R03.

Na fronteira com o Uruguai, a cidade de Santana do Livramento conta agora com 2.317 casos, sendo 322 ativos e 17 óbitos. São 1.953 recuperados e 13 hospitalizados. Quaraí confirmou 268 casos do vírus, 53 ativos e 8 óbitos anotados. Em Alegrete, houve 3.124 casos anotados, sendo 797 ativos (maior índice de ativos na Região 03), além de 39 óbitos computados, há 13 hospitalizados.

No município de Itaqui, o número ampliou-se para 1.050 registros, sendo 117 ativos (um hospitalizado) e mantidos os 11 óbitos. Em Rosário do Sul há 1.770 notificações, sendo 31 ativos e 16 exames em análise. Registrados 45 óbitos. Em São Gabriel, o número confirmado da Covid-19 cresceu para 2.891, sendo 331 ativos. São 21 isolados em hospital e outros 311 em domicílio, notificadas 52 mortes. Recuperados 2.508.

Ainda de acordo com Heili, em Manoel Viana há 170 casos positivos, sendo dois ativos, incluindo três óbitos. A cidade de Santa Margarida do Sul assinala 88 casos do novo coronavírus, 10 ativos (o único da R03 sem morte anotada). Em Barra do Quaraí são 168 positivos, dois ativos e um óbito anterior. Maçambará contabiliza 90 casos, 19 ativos e mantidos os três óbitos pela doença. No plano estadual do distanciamento controlado, a região retornou à bandeira vermelha.

A cidade de São Borja, também na fronteira, mas vinculada a 12ª CRS de Santo Ângelo, somou 2.369 casos positivos para Covid-19, sendo 158 em tratamento. Há 20 pessoas em isolamento hospitalar e 284 no domiciliar, 42 óbitos. Em toda a região, estão ocupados 83,5% dos 85 leitos de UTI existentes na R03. Por coronavírus são 32 internações na UTI, além de 61 leitos clínicos ativos.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895