Decreto cria a Guarda Escolar Comunitária em São Leopoldo
capa

Decreto cria a Guarda Escolar Comunitária em São Leopoldo

Objetivo do programa é prevenir a violência nas escolas capacitando a Guarda Civil Municipal

Por
Stephany Sander

Decreto instituiu o programa Guarda Escolar Comunitária para prevenir a violência nos centros educacionais de São Leopoldo

publicidade

O decreto que institui o programa Guarda Escolar Comunitária foi assinado na manhã da segunda-feira, durante cerimônia na Escola Municipal de Ensino Fundamental Dilza Flores Albrecht, no bairro Feitoria, em São Leopoldo. O programa tem como objetivo prevenir a violência nas escolas capacitando a Guarda Civil Municipal para intervir qualificadamente no ambiente escolar e seu entorno.

De acordo com o secretário de Segurança e Defesa Comunitária, Carlos S'antana, o programa se inicia no próximo ano letivo. "Temos uma visão da segurança na cidade que é um conceito muito mais complexo do que somente ações policiais. Temos uma política voltada para a educação, já que a violência praticada dentro da escola é algo pedagógico, que pode ser revertido", afirmou, destacando que os professores passarão por capacitações para também compor a Guarda Escolar Comunitária, sabendo como proceder em casos de violência, depredações ou outras situações no ambiente escolar.

Já as comunidades no entorno das escolas que integrarão o programa também serão envolvidas com ações de prevenção e inibição a violência. O programa Guarda Escolar Comunitária é aliado a eixos como a criação de um núcleo de Justiça Comunitária Escolar, atuação dos Grêmio Estudantis, execução de campanhas educativas, entre outros. Durante a cerimônia de ontem, foram entregues duas viaturas e três motocicletas para a Guarda Municipal, que foram revitalizadas e serão utilizadas no programa.