Definidas as empresas que farão estudos sobre casas de bombas e diques em Porto Alegre

Definidas as empresas que farão estudos sobre casas de bombas e diques em Porto Alegre

Empresas já iniciaram vistorias e devem entregar primeiros relatórios nas próximas semanas

Correio do Povo

Ebaps passarão por elevação de painéis elétricos, substituição de motores e instalação de geradores

publicidade

A prefeitura de Porto Alegre publicou no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) desta terça-feira, 9, os nomes das empresas que atuarão junto ao Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) nos primeiros projetos do sistema de proteção contra cheias do município. As empresas irão colaborar nos estudos das Estações de Bombeamento de Águas Pluviais (Ebaps) e dos diques.

Nas Ebaps, o objetivo do Dmae é a elevação de painéis elétricos, substituição de motores e instalação de geradores. Já os diques passarão por recomposição e correção de altura. As empresas foram contratadas com dispensa de licitação.

Para o estudo das Ebaps, foi escolhida a Infravix Engenharia, de Santa Catarina. O valor do serviço é de R$ 2,4 milhões. No caso dos diques, a empresa selecionada é a Encop Engenharia Ltda, de Porto Alegre, e o valor do serviço é de R$ 2,9 milhões.

As empresas já iniciaram as vistorias nas estruturas do sistema de proteção contra cheias e devem entregar os seus primeiros relatórios nas próximas semanas. Estes projetos serão utilizados como base para a contratação das obras.

Veja Também


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895