Equipes de ministérios da saúde do Mercosul se encontram em Uruguaiana
capa

Equipes de ministérios da saúde do Mercosul se encontram em Uruguaiana

Os ministros e comitivas discutiram as diretrizes para o plano de ação de saúde nas fronteiras do Mercosul

Participaram do encontro representantes dos governos do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai

publicidade

Aconteceu, no início desta semana, o 3º Seminário de Saúde nas Fronteiras do Mercosul. O trabalho foi organizado pelo Ministério da Saúde do Brasil, com o apoio da Prefeitura de Uruguaiana e do Escritório Regional da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), tendo por objetivo principal a elaboração e o detalhamento de projetos voltados às áreas fronteiriças que serão apresentados ao Escritório Regional da OPAS no âmbito do Memorando de Entendimento entre o órgão e o Mercosul.

No projeto, os principais assuntos foram vacinação, dimensionamento da força de trabalho e um plano de capacitação em vigilância e controle em pontos de entrada do país. Participaram do encontro representantes dos governos dos quatro países integrantes do Mercosul: Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Os ministros e comitivas discutiram, no decorrer dos dois dias de painel, as diretrizes para o plano de ação de saúde nas fronteiras do Mercosul. Além do debate, o seminário contou com apresentações e palestras.

O evento foi realizado na Biblioteca Luiz do Prado Veppo. O prefeito Ronnie Mello explica que “o objetivo da administração tem sido colocar Uruguaiana no mapa, para que a federação lance um olhar mais atento à cidade e reconheça o potencial fronteiriço e unificador”. A comitiva composta por representantes da Assessoria de Assuntos Internacionais do Ministério da Saúde do Brasil, visitou instalações ligadas ao segmento, como a Santa Casa de Caridade e o Laboratório de Monitoramento de Infecções HIV (Laminf) da Unipampa.