capa

Furg e escolas públicas paralisam atividades em Rio Grande

Universidade também realiza atos em Santa Vitória do Palmar, São Lourenço do Sul e Santo Antonio da Patrulha

Por
Angélica Silveira

Manifestações contra contingenciamento ocorreram em todo o Brasil, nesta quarta-feira

publicidade

O dia de luta contra os cortes na Educação começou com atividades na região Sul do Estado. Em Rio Grande, a Fundação Universidade do Rio Grande (Furg), escolas públicas municipais e estaduais e o campus do IFRS estão parados. Conforme a vice-presidente da Associação dos Professores da Furg (Aprofurg), Márcia Umpierre, estudantes protestam na entrada da Furg. No Largo Doutor Pio, no calçadão, acontecerá panfletagem durante todo o dia e uma mostra de educação e ciência.

"Professores, técnicos e estudantes da Furg estão mostrando o projeto de ensino, pesquisa e extensão para a comunidade e o que fazemos na área da saude. Queremos mostrar que a Furg vai além do Hospital Universitário", disse. A Aprofurg também realiza a mesma atividade nas praças centrais dos municípios de Santa Vitória do Palmar, São Lourenço do Sul e Santo Antonio da Patrulha, onde a universidade possui campus. Para às 17h15min está programada uma caminhada luminosa pelo centro destes municipios. 

Em Pelotas, a Câmara de Vereadores realizou sua sessão no Largo Edmar Fetter que à tarde deve ser o local de maiores protestos.