Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti começa em São Leopoldo
capa

Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti começa em São Leopoldo

Pesquisa ocorrerá até o dia 25 de janeiro

Por
Stephany Sander

O trabalho é realizado quatro vezes ao ano


publicidade

Teve início, nesta terça-feira, o primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti de 2020, o LIRAa, na cidade de São Leopoldo. O processo é exigido pelo Ministério da Saúde para que os municípios tenham um diagnóstico dos locais mais propensos para a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya.

As visitas, que começaram pelos bairros Vila Brás e Santos Dumont, devem abranger 3,5 mil visitas a residências de 600 quarteirões de diferentes regiões. O levantamento ocorrerá até o dia 25 de janeiro.


Serão inspecionados 20% dos imóveis de cada quarteirão sorteados para a coleta de formas imaturas do mosquito, larvas ou pupas. O trabalho é executado quatro vezes por ano.