Lotação da rede de saúde suspende consultas e cirurgias eletivas em Canoas
capa

Lotação da rede de saúde suspende consultas e cirurgias eletivas em Canoas

Taxa de ocupação de leitos de UTI atingiu 86% da ocupação nesta terça-feira

Por
Fernanda Bassôa

Prefeito Luiz Carlos Busato diz que a marca alta de ocupação levou a endurecer as medidas de distanciamento social


publicidade

A Prefeitura de Canoas anunciou, nesta terça-feira, a suspensão de consultas e cirurgias eletivas na rede municipal por tempo indeterminado. O motivo é por conta da taxa de ocupação dos leitos de UTI para tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus, que na tarde de hoje atingiu 86% de lotação.
 
O prefeito Luiz Carlos Busato, em publicação nas redes sociais, informou que é a marca mais alta registrada pelo município desde o início da pandemia, levando a prefeitura a endurecer ainda mais as medidas de controle de distanciamento social. Busato ainda falou em possibilidade de colapso na rede municipal de saúde em virtude da demanda de atendimentos e falta de profissionais. 


A última atualização dos números do Covid-19 no município, realizado no fim da tarde de hoje, registrava 616 confirmados, com 22 óbitos.