Mais da metade das regiões do RS registra neve, diz MetSul

Mais da metade das regiões do RS registra neve, diz MetSul

Municípios receberam forte precipitação no fim da tarde desta quarta-feira

Correio do Povo

Gramado registrou grande precipitação de neve

publicidade

Mais da metade das regiões do Rio Grande do Sul registrou neve nesta quarta-feira. De acordo com a MetSul Meteorologia, até as 19h, o registro foi feito em 13 áreas do Estado - Fronteira com Uruguai, Campanha, Sul, Costa Doce, Serra do Sudeste, Centro, Centro-Serra, Planalto Médio, Serra, Aparados, Alto Jacuí, Litoral Sul e Vales. 

Segundo a MetSul, ao longo do dia, muitos municípios registraram o fenônomo, como foi o caso de São Franciso de Paula, que teve uma forte pancada de neve de poucos minutos, no fim da tarde. Nova Petrópolis, Canela, Gramado, Soledade, Caxias do Sul e Bom Jesus, são alguns outras cidades que também tiveram neve. 

Região Sul 

Em Herval, na fronteira com o Uruguai, e em Bagé, na Campanha, o frio intenso provocou neve e chuva congelada nesta quarta-feira. Em Pelotas, registrou 0,8°C pela manhã.

Ainda hoje ocorreu chuva congelada em Canguçu, nas localidades de Coxilha dos Campos, Boqueirão, Coxilha de Fogo e Passo do Saraiva, além da Colônia Palma e Estância da Figueira. O mesmo fenômeno foi registrado na Colônia Santo Amor, em Morro Redondo, em São José do Norte e Rio Grande.

Segundo a Defesa Civil, os fenômenos ocorreram de forma rápida nas regiões, não durando mais que cinco minutos e não chegaram a causar transtornos para a população.

Nessa terça-feira, a neve fraca caiu em Canguçu, nas localidades como os bairros Teixeiras e Triângulo e no 4º Distrito. No Centro, o registro foi de chuva congelada. Há relatos nas redes sociais de que fenômeno se repetiu nesta quarta-feira, mas até o fim da tarde não havia sido confirmado pelo Metsul. 

Região Central

Também foi constatado chuva congelante na região Central do Estado. Em Santa Maria, o registro foi feito na Vila Tomazzeti; em Itaara, na avenida Guilherme Kurtz e na Vila Etelvina; em Julio de Castilhos, nos assentamentos Alvorada e Santa Júlia; em Silveira Martins e em São Sepé, o fenômeno ocorreu no fim da tarde. 

Com informações de Angélica Silvera e Renato Oliveira 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895