Morre, aos 53 anos, prefeito de Anta Gorda
capa

Morre, aos 53 anos, prefeito de Anta Gorda

Celso Casagrande sofreu um infarto do miocárdio na madrugada deste domingo

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Celso Casagrande sofreu um infarto do miocárdio na madrugada deste domingo

publicidade

Morreu, na madrugada deste domingo, por volta das 5h, o prefeito da cidade de Anta Gorda, Celso Casagrande, 53 anos. Conforme a informação da Prefeitura Municipal de Anta Gorda, o prefeito sofreu, nesta madrugada, um infarto do miocárfio e foi encaminhado ao Hospital Padre Catelli e, posteriormente, ao Hospital Bruno Born, em Lajeado, onde ficou internado na CTI. 

Celso Casagrande deixa esposa e duas filhas. Por meio de um comunicado em sua página oficial no Facebook, a Prefeitura lembrou de Celso como uma pessoa conhecida pelo "coração enorme, humildade, simplicidade e pelo jeito alegre de viver a vida". 

O velório de Celso Casagrande ocorre na Câmara Municipal de Vereadores, a partir das 10h. A missa de corpo presente está prevista para às 9h desta segunda-feira, na Igreja Matriz São Carlos. A Prefeitura de Anta Gorda decretou três dias de luto oficial. A vice-prefeita, Madalena Zanchin, deve assumir o cargo.

Eleito com 100% dos votos

Celso Casagrande era eletricista e foi vereador e vice-prefeito de Anta Gorda. Em 2016, o político concorreu à Prefeitura pelo PDT. No entanto, uma situação inusitada marcou a eleição daquele ano. Celsinho foi o único candidato a disputar o pleito, em uma coligação que uniu os trabalhistas com MDB, PP, PT e PTB. O prefeito acabou sendo eleito com 100% dos votos válidos, angariando o apoio de 3.330 eleitores. Na ocasião, houve 797 (17,54%) votos brancos, 417 nulos e 262 abstenções.