Municípios da Costa Doce flexibilizam o uso de máscara em local fechado

Municípios da Costa Doce flexibilizam o uso de máscara em local fechado

Grupo de cidades iria editar os decretos seguindo o documento em vigor em Porto Alegre

Angélica Silveira

publicidade

Representantes de nove dos 13 municípios do Consórcio Intermunicipal Centro-Sul e da Associação dos Municípios da Costa Doce decidiram, em reunião, flexibilizar o uso de máscaras tanto em locais abertos como fechados. Segundo o presidente do Consórcio e prefeito de Arambaré, Jardel Magalhães Cardoso, ficou decidido que o grupo de cidades iria editar os decretos seguindo o documento em vigor em Porto Alegre. “Temos notado que as pessoas praticamente não usam máscaras em locais aberto e em ambiente fechado muito pouco. Flexibilizamos devido à baixa contaminação nos municípios.” O uso segue obrigatório em serviços de saúde, como hospitais, por exemplo.

Participaram da decisão representantes de Guaíba, Arambaré, Tapes, Camaquã, Chuvisca, Cerro Grande do Sul, Cristal, Barra do Ribeiro e Sentinela do Sul. Também fazem parte do consórcio as cidades de Amaral Ferrador, Sertão Santana, Mariana Pimentel e Dom Feliciano.

Este último mantém a flexibilização somente em ambiente aberto. O prefeito Clenio Boeira explica que decidiu não alterar o decreto publicado no último dia 14 porque o governo do Estado ainda não flexibilizou o uso do equipamento de proteção em ambiente interno e a média diária de novos casos no município de 15.300 mil habitantes está em 25. “Isso não nos permite tomar esta decisão, e a vacinação trancou.” Ele diz que só deve mudar o posicionamento quando diminuir o número de novos registros diários de contaminação. “Mesmo sendo casos leves, sem letalidade. Com o efeito da vacina, as pessoas positivam, mas sem gravidade”.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895