Municípios querem nova ponte sobre o rio das Antas

Municípios querem nova ponte sobre o rio das Antas

Após análises do Daer, cidades iniciarão a busca por recursos para colocar o projeto em prática

Celso Sgorla

A atual ponte de 127 metros que liga Bento Gonçalves e Cotiporã fica próxima ao leito do rio

publicidade

Os municípios de Bento Gonçalves e Cotiporã estão em tratativa com o Departamento de Estradas e Rodagens (Daer) buscando garantir o encaminhamento de projeto para construção de nova ponte sobre o rio das Antas, que une os dois municípios.

A atual ponte de 127 metros que liga Bento Gonçalves e Cotiporã fica próxima ao leito do rio e quando chove forte por alguns dias e a vazão do rio aumenta ela fica submersa impedindo o trânsito entre as duas cidades. A população de Cotiporã é a mais prejudicada visto que se utiliza de muitos dos serviços de saúde, educação e comércio em Bento Gonçalves.

Quando a ponte não dá passagem para quem precisa se deslocar de Cotiporã para Bento Gonçalves é obrigado a seguir pela BR 470 aumentado em 23 quilômetros o trajeto de viagem em uma rodovia com muitas curvas sinuosas e alto volume de tráfego de veículos leve e pesados.

O prefeito de Cotiporã, Ivelton Mateus Zardo, informou que os municípios realizam no momento um Plano de Trabalho junto ao Daer, para que o mesmo realize os estudos necessários no local, viabilizando assim, a obra em questão. Após a conclusão dos estudos e análises por parte do Departamento, os municípios iniciarão a busca por recursos para colocar o projeto em prática. “Sabe-se que um projeto dessa envergadura necessita da união de esforços das diversas esferas de governo, tanto municipal, quanto estadual e federal. Cotiporã conquistou grandes sonhos e não se acomodará para concretizar mais esse”, salientou Ivelton.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895