Museu de São Leopoldo capta recursos para digitalização de acervo

Museu de São Leopoldo capta recursos para digitalização de acervo

O projeto envolve ainda a organização de banco de dados dos acervos

Stephany Sander

Faz parte do projeto o Jornal Deutsche Post

publicidade

O Museu Histórico Visconde de São Leopoldo está em processo de captação, através da Lei de Incentivo à Cultura (LIC/RS), para um projeto que visa realizar a digitalização, catalogação e disponibilização de todo o seu acervo histórico, que possui desde documentos da fundação da colônia até a proclamação da república. Também faz parte do projeto o Jornal Deutsche Post, que é um acervo raro e inédito do jornal que era editado em língua alemã e que circulou de 1880 a 1928 em todo o Sul do Brasil, considerado o principal canal de divulgação do luteranismo.

A partir deste projeto será possível oferecer a todos aqueles que buscam pela história da cidade, um acervo completo da colonização alemã e das nossas origens, pois todo esse acervo será disponibilizado para a população através de um site. O projeto já está aprovado no Procultura RS, através da LIC/RS, e todas as empresas que operam através do ICMS podem aportar valores para o projeto e serão habilitadas em 100% de isenção fiscal do valor patrocinado. A contra-partida das empresas para o FAC RS agora é de apenas 10% do valor a ser doado, a ser depositado ao Fundo de Apoio à Cultura do RS. A alteração visa incentivar as empresas a participarem dos projetos das suas comunidades.

Segundo o presidente do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, Cássio Tagliari, o projeto já está 50% patrocinado. "Contamos com o apoio das empresas Rossi e Gedore, empresas reconhecidas no país e na região. Mais empresas interessadas em patrocinar o projeto poderão entrar em contato pelo número (51) 3592-4557 ou pelo e-mail museuhistoricosl@museuhistoricosl.com.br ou ainda diretamente com a produtora Cida Cultural, que está à disposição para sanar dúvidas e apresentar o plano de cotas no cida@cidacultural.com.br”, explica.

Fundado em 1959, o Museu Histórico Visconde de São Leopoldo foi criado como local de armazenamento de objetos, livros, cartas, jornais, documentos e outros elementos que se referem à história da imigração e colonização alemãs na região. No argumento da proposta do projeto, a produtora enfatiza que a ação se justifica tendo em vista os riscos que permanentemente ameaçam a integridade física de peças de museus.

Por conta desses riscos, faz-se urgente garantir a disponibilidade dos acervos do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo para futuras gerações através da digitalização. O projeto envolve ainda a organização de banco de dados dos acervos, criação de novo site de Internet do museu, elaboração de vídeos institucionais para publicidade do museu e do portal, entre outras, além de eventos culturais de lançamento e entrega do projeto, conforme a condições no momento em relação as medidas de enfrentamento a Covid-19.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895