Nível do rio Uruguai continua subindo
capa

Nível do rio Uruguai continua subindo

A primeira família do bairro Santo Antônio deve ser removida nesta segunda-feira

Por
Fred Marcovici

Ibirapuitã, em Alegrete, após terceira cheia do ano, voltou ao nível normal

publicidade

As chuvas registradas no Rio Grande do Sul e Santa Catarina continuam afetando o rio Uruguai e seus afluentes, conforme alerta da Defesa Civil (DC) de Uruguaiana. Mesmo com sol e muito calor nos últimos dias, o coordenador do órgão, Paulo Wouteres, anunciou que o nível do manancial segue aumentando e, segundo a última mediação, já chega a 7.68m. Havendo a manutenção da tendência, Woutheres estima que, ainda nesta segunda-feira, a primeira família do bairro Santo Antônio deverá ser removida preventivamente.

Além desse, o Mascarenhas de Moraes são as primeiras comunidades a sofrerem com as inundações em Uruguaiana. Não há previsão de precipitação para as próximas horas. Já em Alegrete, o rio Ibirapuitã retornou ao leito normal. De acordo com Maysa Moreira, coordenadora da Defesa Civil, o manacial está medindo 4.86m. Um alívio para um município que já enfrentou três cheias em 2019.