Novo decreto em Pelotas deverá autorizar reabertura do Pop Center
capa

Novo decreto em Pelotas deverá autorizar reabertura do Pop Center

Local estava fechado desde o dia 20 de março

Por
Angélica Silveira

Prefeita mediou a negociação entre gestores e permissionários do Pop Center de Pelotas


publicidade

A prefeitura de Pelotas vai publicar novo decreto nesta sexta-feira autorizando a reabertura do Pop Center, fechado desde o dia 20 de março devido à pandemia do novo coronavírus. As atividades nas bancas de comércio popular podem ser retomadas na próxima semana, mediante regras como uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel, aferição da temperatura corporal de quem acessar o prédio e controle na quantidade de clientes. Além disso, as bancas instaladas, provisoriamente, na área externa devem ser montadas até o dia 14 de junho.

O anúncio sobre a reabertura foi feito pela prefeita Paula Mascarenhas, nessa quinta-feira, em transmissão elas redes sociais. À tarde, permissionários contrários à medida fizeram passeata partindo do Pop Center. Em frente à prefeitura, eles se manifestaram contra a reabertura, com cartazes, apitos, foguetes e queima de pneus. Um grupo foi recebido pela prefeita em reunião que durou mais de duas horas. Conforme uma das coordenadoras do movimento, Celeste Regina da Silva Garcia, o Pop Center tem 570 locatários. “Em um primeiro momento, queríamos que abrisse com um valor de aluguel menor, agora não queremos que abra. Será um espaço fechado com no mínimo 570 pessoas. Falta higiene e os banheiros estão destruídos.” Ela contou que o grupo não aceitou a proposta do Executivo. “Não temos como pagar aluguel e comprar mercadorias. Em São Paulo, onde fazemos as compras está fechado.” Regina disse que nesta sexta-feira o grupo pretende ir ao Ministério Público em busca de solução.

Na reunião, Paula informou que deliberou a possibilidade da reabertura do Pop Center na próxima semana ao consultar o Comitê de Crise municipal e os especialistas da saúde, que estão monitorando a progressão da pandemia no município. “Aceitamos a instalação provisória das bancas na área externa do Pop Center porque sabemos da necessidade financeira dos trabalhadores, mas não podemos retroceder na conquista de termos um local específico para que esse tipo de comércio funcione”, explicou. No encontro, foram discutidos os custos de condomínio e aluguel pagos pelos permissionários aos administradores do shopping popular, tendo mediação da prefeita. Porém, não houve acordo entre os permissionários e os empresários.


Na transmissão virtual, Paula também falou sobre o aumento de casos do novo coronavírus em Pelotas. “Agora qualquer pessoa com sintoma gripal desde que suspeito, por determinação de um médico pode ser testado pelo SUS. Isto significa mais casos suspeitos e mais infectados.” A cidade tem dois pacientes internados em UTI. “São 31 leitos e dois ocupados, o que garante uma segurança razoável com leitos disponíveis.” A prefeita disse ainda, que é necessário buscar um maior equilíbrio entre os cuidados com a saúde e a possibilidade de a economia seguir.