Pelotas sedia formatura de mais 115 policiais militares
capa

Pelotas sedia formatura de mais 115 policiais militares

Ao todo são 1.965 novos integrantes da Brigada Militar, que começaram o curso em novembro de 2018

Por
Angélica Silveira

Governador Eduardo Leite e o vice Ranolfo Vieira Júnior participaram da solenidade

publicidade

Mais 115 policiais militares se formaram no Estado, durante solenidade no Centro de Eventos Fenadoce, em Pelotas, no sábado. O evento contou com a presença de diversas autoridades como o governador do Estado, Eduardo Leite, o vice e secretário estadual de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Mário Ikeda, e o prefeito em exercício de Pelotas, Idemar Barz. Após, ocorreu a troca da boina pela cobertura branca, uniforme dos policiais quando trabalham nas ruas em integração com os padrinhos e madrinhas. No sábado à tarde, ocorreu a formatura de 85 novos policiais militares em Lajeado. 

Em Pelotas, o policial militar da reserva João Olímpio Rodrigues foi padrinho de seu único filho, André Luis, de 24 anos. Com isso, a família completou três gerações de policiais militares, uma vez que o avô de André também seguia a mesma profissão. “Para mim, foi uma surpresa ele seguir minha carreira, pois está se formando em Direito e achei que fosse para a jurídica. É um orgulho como pai ver ele seguir o mesmo caminho, sem a nossa interferência”, comemora. O novo policial militar acredita que a paixão pela profissão está no sangue. “Estou sem palavras para descrever minha emoção. Espero poder dar o melhor para a sociedade e progredir na carreira. Quero seguir para sempre na Brigada Militar”, projeta André Luis. 

Os novos policiais prestaram compromisso e continência com a bandeira nacional. O primeiro a discursar foi o orador da turma, soldado Jonathas Diogo. Ele começou perguntando quanto valia a realização de um sonho e lembrou da data da prova, em dezembro de 2017. “A partir desta data, optamos por traçar o futuro como policiais militares do Rio Grande do Sul”, enfatizou. Diogo agradeceu ao comandante do 4°BPM, coronel Eduardo Peracchi, e ao major André Facchin pelo esforço para que houvesse o curso na cidade. “Foi bom estar junto com os colegas, o curso foi tranquilo. Não foi fácil, pois o policial não tem vida fácil, mas isso não é motivo para lamentar e sim para se orgulhar”, destacou. 

O comandante da Brigada Militar disse que os novos policiais estão prontos e capacitados para decidir o que deve ser feito em uma fração de segundo, arriscando a vida, honrando seu nome e a farda. "Quero parabenizar os formandos, que estão demonstrando orgulho. Observo na postura deles, na conduta, valores importantes para a formação.”

O vice-governador lembrou que os formandos superaram os outros milhares que prestaram o concurso e não foram aprovados. “Estamos formando em torno de 2 mil soldados em todo o Estado e só vocês sabem o que passaram para chegar até aqui. Estão de parabéns, o momento é de celebração”, enfatizou Ranolfo. Para ele, a atividade é diferente de qualquer outra no serviço público. “Ser policial é vocação, comprometimento. Desejo sucesso a todos e que, ao completarem cada turno de trabalho, todos retornem ao lar”, falou. 

O governador, que também foi paraninfo da turma e foi homenageado com uma placa, entregue pelo aluno Cristian Dutra, agradeceu em nome dos 12 milhões de gaúchos a cada um dos formandos por se entregarem na missão. “Se temos perspectiva de paz é pelo trabalho de vocês”, disse. Ele lembrou os números da segurança pública no primeiro semestre. “Tivemos 24% menos homicídios que no primeiro semestre do ano passado. Desde 2011 são menos mil homicídios no ano. Se falarmos em relação ao primeiro semestre de 2017, são 700 vidas poupadas, o que é uma grande evolução”, enumerou. 

Leite lembrou também a redução no número de veículos roubados no Rio Grande do Sul, que chegou a 30% em 2019. “Diante do trabalho da Brigada Militar, temos façanhas sendo cumpridas diariamente”, finalizou. O governador confirmou que até o final de setembro deve ser instalado o 5º Batalhão de Choque em Pelotas, que irá atender toda a região. 

Por enquanto, os novos policiais seguem trabalhando no 4° BPM até que seus destinos sejam definidos pelo governo do Estado, o que deve ocorrer após o dia 10 de agosto, quando serão concluídas as formaturas que estão sendo realizadas em todo o Estado.