Prefeitura de Canela apresenta projeto para construção de novo hospital
capa

Prefeitura de Canela apresenta projeto para construção de novo hospital

Proposta estabelece parceria com iniciativa privada e prevê permuta com outra área do município

Por
Halder Ramos

publicidade

O prefeito de Canela, Constantino Orsolin, apresentou hoje a proposta para criar uma possível parceria com a iniciativa privada para a construção de um novo hospital. O objetivo da administração municipal é permutar a área das Ruínas do Cassino. Em contrapartida, os investidores interessados em explorar a área turisticamente devem construir um novo hospital em terreno no bairro Canelinha.

Em grave crise financeira, o Hospital de Caridade de Canela (HCC) está sob intervenção municipal desde o final de abril. Segundo o secretário da Saúde, Vilmar Santos, o atual prédio, que tem mais de 70 anos, é considerado obsoleto. "O hospital opera desde 2011 sem alvará sanitário porque não consegue atender aos quesitos exigidos", exemplifica Santos.

O projeto para construção de um novo hospital para Canela foi citado pelo prefeito Constantino Orsolin quando ocorreu o decreto de intervenção no HCC. Orsolin pretende debater a proposta de parceria com a comunidade. Foram agendadas reuniões com diversas entidades representativas para as próximas semanas. Depois de avaliar o anseio popular, a prefeitura pretender enviar o projeto para a Câmara de Vereadores. 

"É importante salientar que é apenas uma possibilidade. Não posso afirmar que será realidade. Mudar o local do hospital é uma decisão que impacta a vida de todos. Não quero errar e a comunidade tem o dever de ajudar a decidir", frisa o prefeito.

Com 33 mil m², a área onde estão as Ruínas do Cassino, que fica no bairro Palace Hotel,  pode ser cedida para a iniciativa privada. No edital de concessão, a prefeitura pretende exigir que a empresa vencedora mantenha as características do projeto inicial, que é de 1939. O local deveria abrigar um hotel-cassino, mas na década de 1940 ocorreu a proibição do jogo no Brasil e a obra parou nas fundações.

O prefeito explica que a contrapartida para o investidor que cumprir todas as exigências do edital é construir um novo hospital para Canela em área pública que fica às margens da ERS-235, na entrada da cidade por São Francisco de Paula. Orsolin prevê a construção de um hospital com 4.000 m² de área construída e 52 leitos, conforme critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. “São terrenos que, atualmente, não produzem nada e só geram prejuízos aos cofres municipais. Queremos que a comunidade tome conta desta ideia e se manifeste”, destaca.