Prefeitura de Parobé investiga possível contaminação do solo em terreno

Prefeitura de Parobé investiga possível contaminação do solo em terreno

Local está interditado após denúncia sobre descarte irregular de resíduos

Stephany Sander

O responsável pelo descarte responderá por crime ambiental

publicidade

A Secretaria de Meio Ambiente de Parobé investiga a possível contaminação do solo de um terreno dentro da Vila Olímpica, espaço para atividade física no bairro Paraíso. O local está interditado após denúncia sobre descarte irregular de resíduos. A Patrulha Ambiental (Patram) da Brigada Militar também apura o caso e interditou o espaço. Conforme a corporação, foi encontrada uma quantidade de resíduos industriais equivalente a três caçambas de caminhão, além de materiais de construção civil e outros sintéticos, como plástico e borracha.

Segundo informações da Patram, o suspeito teria admitido que enterrou, na semana passada, resíduos no parque. No ano passado, ele foi autuado por não ter licenciamento para operações de reciclagem. A ação será encaminhada ao Ministério Público estadual, e o responsável pelo descarte deverá responder por crime ambiental.

Em nota, a Prefeitura de Parobé informa que, por meio de seus agentes fiscais e do corpo técnico da Secretaria de Meio Ambiente, está apurando o caso para responsabilizar os culpados. Diz que estão sendo coletados laudos e provas técnicas. Segundo a nota, a administração deve retirar, nos próximos dias, o material depositado irregularmente.  

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895