Região da Fronteira Oeste registra crescimento da Covid-19 inferior a 10% na última semana

Região da Fronteira Oeste registra crescimento da Covid-19 inferior a 10% na última semana

Nas 11 cidades, foram identificados 3.246 casos confirmados e 63 óbitos no total

Fred Marcovici

Alegrete houve 5.065 testagens e 490 casos anotados

publicidade

A 10ª Coordenadoria Regional de Saúde (10ª CRS), sediada em Alegrete, divulgou nesta terça-feira o boletim do novo coronavírus e casos da Covid-19 nos municípios da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, na área de abrangência da pasta.

Conforme a titular da CRS, Heili Temp, ao todo, nas 11 cidades, foram identificados 3.246 casos confirmados, um avanço de 294 novas notificações se comparado com o levantamento da pandemia da última semana, além de 63 mortes (quatro no último período), desde o início dos registros do novo coronavírus na região, totalizando um aumento geral de 9,95% em uma semana, passando a ser o menor índice registrado nos últimos 60 dias.

Em Uruguaiana, foram confirmados 625 casos positivos, sendo 141 ativos e onze mortes. São sete pacientes hospitalizados, cinco em UTI, e 291 pessoas em isolamento domiciliar com síndrome gripal monitorada. Há 473 recuperados. O município testou 9.614 pessoas (Lacen, Laminf, SMS,Ufpel, Unipampa e Ibope), maior índice de testagem em números absolutos na R03.

Na fronteira com o Uruguai, na cidade de Santana do Livramento, agora há 434 casos, sendo 35 ativos e quatro óbitos. São 389 recuperados. Quaraí notificou 51 pacientes positivados e três óbitos. Já foram realizados 706 testes. Em Alegrete, houve 5.065 testagens e 490 casos anotados, 104 ativos com três hospitalizados, além de 14 óbitos computados. Recuperados 372.

No município de Itaqui, o número ampliou-se para 405 registros, sendo 45 casos ativos, com cinco pacientes internados e três óbitos. Foram realizadas 3.726 testagens. Recuperados são 357. Em Rosário do Sul a positivação passou para 250 notificações e 18 exames em análise. Mantém-se os dois óbitos. Recuperados 231. Já em São Gabriel, o número confirmado da Covid-19 cresceu para 845, sendo seis isolados em hospital e outros 155 em domicílio, resultando em 24 mortes, mantendo-se como o município da Fronteira Oeste com o maior índice de casos e óbitos informados. Houve a testagem de 6.349 pessoas, índice mais alto proporcional à população. Recuperados somam 660.

Ainda de acordo com Heili, em Manoel Viana são 33 casos positivos, incluindo um óbito. A cidade de Santa Margarida do Sul apontou na semana os mesmos 20 casos do novo coronavírus, sem óbito. Em Barra do Quaraí houve o registro de 72 casos, dois ativos e uma morte anotada, além de dois casos monitorados. Maçambará conta com 21 casos anotados e outros 40 monitorados, o óbito anotado foi descartado.

No plano estadual do distanciamento controlado, a região manteve-se na bandeira laranja. Na cidade de São Borja, também na fronteira, mas ligada a 12ª CRS de Santo Ângelo, somou 502 casos positivos para Covid-19, 20 pessoas em isolamento hospitalar e 353 domiciliar, doze óbitos. Estão ocupados 68% dos 78 leitos de UTI existentes na R03. Por coronavírus são 16 internações, além de 31 leitos clínicos ativos.

Heili Temp reitera o chamamento à comunidade para a necessidade de manter e ampliar o distanciamento social, evitar aglomerações, buscar ao máximo permanecer em casa, além de utilizar máscara facial e álcool em gel. "Prevenir é o único e eficiente modo de neutralizar a disseminação do novo coronavírus enquanto não surgir uma vacina", concluiu.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895