Região de Taquara se reúne para buscar revisão do Distanciamento Controlado

Região de Taquara se reúne para buscar revisão do Distanciamento Controlado

Prefeitos dos municípios tentam reversão da bandeira vermelha

Por
Stephany Sander

Reunião aconteceu na prefeitura de Parobé

publicidade

 A Prefeitura de Parobé sediou na tarde do último sábado, uma reunião das cidades que compõem a região de Taquara (R06), para buscar junto ao Governo do Estado uma reversão da decisão tomada na sexta-feira de colocar a região sob a bandeira vermelha do modelo de distanciamento controlado. 

No encontro, que contou com a presença de prefeitos e secretários de Saúde das oito cidades: Cambará do Sul, Igrejinha, Parobé, Riozinho, Rolante, São Francisco de Paula, Taquara e Três Coroas, foi elaborado um dossiê, contendo uma série de documento com dados de ações e investimentos em saúde realizados pelas cidades, demonstrando que estão aptas a estarem em um modelo mais brando de restrições. 

Segundo o prefeito de Parobé, Diego Picucha, toda a região tem investido em ações de saúde e de distanciamento para que não fossem ampliadas as restrições. "Um exemplo disso é Parobé, pois estamos colocando em funcionamento uma ala de UTI no Hospital São Francisco de Assis, com 10 leitos totalmente equipados e preparados especificamente para atender casos graves de Covid-19. O sistema de saúde de nossa região está muito longe do que poderia ser considerado para a bandeira vermelha. Precisamos que o Estado refaça sua avaliação e leve em conta a real situação de nossa região", define Picucha. 


O recurso já está em análise pelo governo do Estado e a resposta definitiva da bandeira para a região é aguardada para esta segunda-feira.