Restauro do prédio da Casa de Cultura de Vera Cruz fica pronto após uma década

Restauro do prédio da Casa de Cultura de Vera Cruz fica pronto após uma década

Data de reabertura ainda não foi definida

Otto Tesche

Ao todo, cerca de R$ 400 mil foram investidos no restauro

publicidade

A obra de restauro do prédio da Casa de Cultura de Vera Cruz está pronta após mais de uma década desde o início das intervenções. A data de reabertura ainda não foi definida, mas as instalações devem receber o acervo do museu do município, que atualmente se encontra em uma casa alugada, custeada pela prefeitura. A edificação construída em 1912 pela família Wild Ferraz foi a primeira a ser tombada no Centro de Vera Cruz, em 2006. 

A reforma da estrutura na esquina das ruas Carlos Wild e Thomas Gonzaga ocorreu por meio da parceria do Rotary Club com a Prefeitura. O trabalho começou em 2009, com recursos de empresas por meio da Lei de Incentivo a Cultura (LIC) e doações de pessoas físicas. Ao todo, cerca de R$ 400 mil foram investidos. No entanto, questões burocráticas e as dificuldades financeiras acabaram travando as atividades.

Após a paralisação desde 2018, a retomada dos serviços ocorreu em julho deste ano, com recursos de R$ 20 mil provenientes da Câmara de Vereadores e mão de obra do município.  

Veja Também

O prédio passou por reforma total, que preservou as características originais. Entre os trabalhos executados, toda a estrutura de madeira foi refeita, assim como o telhado, o assoalho e forro. As aberturas foram recuperadas e pintadas, além de uma pintura externa. As últimas melhorias foram a limpeza externa do ambiente, com a retirada de entulhos e vegetação, e a colocação de material no entorno. Ainda houve a instalação de uma rampa de acessibilidade na lateral da edificação, assim como um piso tátil para deficientes visuais na calçada. Também houve a conclusão de detalhes da pintura, reparos no assoalho, iluminação e a colocação dos vidros. 

O responsável pelo restauro da Casa de Cultura e membro do Rotary Club Vera Cruz, Ivan Armando Marx, informou que, mesmo com a obra concluída, ainda não foi possível definir uma data de entrega para a comunidade em função da pandemia. “A gente tinha como intenção fazer uma entrega solene, com a presença dos patrocinados e empresas que doaram e tornaram possível esse restauro, mas não está definida esta data”, disse. 

O secretário de Obras, Maiquel Aretz, informou que o Rotary Club deve ganhar uma sala na Casa de Cultura pelo seu papel fundamental no trabalho de restauro. A entidade assumiu a gestão da reforma em 2011. “A gente vai abrir um espaço para o Rotary, que obteve a maior parte de incentivo e a propulsão para a reforma. Eles solicitaram um espaço e provavelmente vai acontecer de ter uma sala de reuniões e arquivos deles”, explicou. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895