Santa Casa de Uruguaiana recebeu cerca de R$ 7,78 milhões para o combate ao coronavírus

Santa Casa de Uruguaiana recebeu cerca de R$ 7,78 milhões para o combate ao coronavírus

O valor inclui emendas parlamentares, o auxílio emergencial e doações

Fred Marcovici

As verbas foram utilizadas para revisão e manutenção de equipamentos

publicidade

A Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, desde o início da pandemia, recebeu R$ 7.784.345,49 em recursos para enfrentamento da Covid-19 e promover a manutenção dos serviços prestados pela instituição. Foram valores repassados por meio de emendas parlamentares Covid-19, emendas de bancada e individuais, recursos federais pelo programa de auxílio emergencial e doações do Poder Judiciário Estadual, Justiça do Trabalho, Justiça Federal, Ministério Público do Trabalho (MPT) e doações de parceiros, tanto pessoa física quanto jurídica.

Nos meses de junho, julho e agosto as emendas parlamentares das esferas estadual e federal somaram R$ 3.878.700,00, sendo que R$ 1,1 milhão aconteceu por intermédio da Secretaria Estadual de Saúde que não indicou a origem da emenda. A Justiça do Trabalho doou à Santa Casa R$ 55 mil. O MPT R$ 80 mil entre os meses de abril e maio. Entre março e abril, a Justiça Federal, por meio da 2ª Vara de Santana do Livramento, doou à instituição R$ 169,5 mil. A Justiça Estadual foi responsável pela doação de R$ 263 mil, sendo R$ 253 mil pela Vara de Execuções Criminais (VEC) de Uruguaiana e R$ 10 mil da 2ª Vara Judicial de Itaqui. Outros R$ 130,2 mil, foram repassados pela Justiça do Trabalho.

Entre as doações particulares estão R$ 127,5 mil em equipamentos de proteção e testes rápidos, doados pela Fundação Pioneiros; R$ 15 mil do Programa Troco Amigo das Farmácias Panvel, repassados no mês de abril; e outros R$ 3,5 mil de anônimos. A prefeitura municipal reverteu em abril R$ 1,1 milhão ao hospital. O Governo Federal também criou um auxílio emergencial para Santas Casas e aos hospitais filantrópicos sem fins lucrativos. O HSCCU recebeu duas parcelas da verba: uma de R$ 896,4 mil e outra de R$ 1,03 milhão.

As verbas foram utilizadas para revisão e manutenção de equipamentos, como ventiladores mecânicos e cardioversores; aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs) como máscaras, álcool em gel, oxigênio, medicamentos e insumos. Uma prestação de contas completa, incluindo valores pagos e fornecedores está disponível no site do Hospital Santa Casa, na aba Transparência.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895