Sistema emite alerta sobre o rio Caí e exige atenção dos municípios

Sistema emite alerta sobre o rio Caí e exige atenção dos municípios

Monitoramento dos níveis da água é feito em Sebastião do Caí e Montenegro

Stephany Sander

O rio pode atingir 4,29 m em Montenegro

publicidade

O Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Caí (SAH-Caí), operado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), entrou em status de alerta, começando monitoramento intensivo da bacia e emissão de boletins com previsões de níveis para São Sebastião do Caí e Montenegro. Conforme o engenheiro hidrólogo da CPRM, Emanuel Duarte, nas próximas horas a previsão é de que o rio tenha uma leve redução dos níveis, voltando a subir com o retorno da chuva à região. A emissão dos boletins continuará de forma ininterrupta, enquanto o status permanecer de alerta, fornecendo previsões com 10 horas de antecedência. "O alerta se dá devido ao volume de chuva, foi de 50 mm nas últimas 48h, na bacia do Caí", afirma ele.

A previsão para as próximas 10 horas, realizada pelo sistema de alerta aponta que o rio pode atingir 6,78 metros em São Sebastião do Caí e 4,29 m em Montenegro. Os problemas de inundação em São Sebastião do Caí iniciam a partir dos 10 m. A Defesa Civil de Montenegro destaca que está monitorando a evolução do quadro, iniciado no último final de semana e que, até o momento, os bairros Santo Antônio, Faxinal e Estação, assim como as localidades de Passo da Amora e Vapor Velho são os afetados. O órgão reforça que, para qualquer necessidade relacionada a danos causados pelo mau tempo, os atingidos devem fazer contato pelo 153.  


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895