Telemedicina começa a operar nesta segunda-feira em Campo Bom

Telemedicina começa a operar nesta segunda-feira em Campo Bom

O serviço funcionará 24h por dia e sem limite no número de atendimentos

Correio do Povo

publicidade

O serviço de telemedicina estará disponível à população de Campo Bom a partir de segunda-feira. Com funcionamento 24 horas, todos os dias e sem limite no número de atendimentos, a iniciativa visa evitar que os moradores da cidade tenham que se deslocar desnecessariamente até as Unidades Básicas de Saúde. A equipe abrange seis enfermeiros e sete médicos e, após o atendimento por telefone, se necessário, será fornecido receituário. O serviço, porém, não fará renovação de receitas médicas para uso contínuo de medicamentos.

Conforme o diretor executivo da Associação Beneficente São Miguel, gestora da Telemedicina Campo Bom, Ricardo Pigatto, o serviço é exclusivo ao usuário do sistema de saúde de Campo Bom, com Cartão Nacional de Saúde (CNS) registrado na cidade. Ao realizar a ligação, gratuita, o paciente deverá se identificar, informando dados como nome completo, CPF, data de nascimento e número do CNS. Depois, deve descrever os sintomas e, de acordo com o relato, será incluída no protocolo correspondente, chamado de Desfecho e composto por quatro níveis, podendo ser indicada outra consulta por videochamada, consulta presencial ou mesmo encaminhamento para o Hospital Lauro Reus, dependo do quadro identificado pela equipe.

A Telemedicina Campo Bom permanecerá em funcionamento enquanto durar a pandemia do novo coronavírus, com o prazo máximo de seis meses neste primeiro momento. Mensalmente, a Secretaria Municipal da Saúde investirá mais de R$ 54 mil na prestação do serviço. A empresa gestora, a Associação Beneficente São Miguel, tem sistema de criptografia para proteger os dados do paciente e trazer mais segurança a fim de preservar o sigilo do atendimento, que está disponível pelo número 0800-772-8989.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895