Usuários da Trensurb reclamam de falta de manutenção na Estação São Luís, em Canoas

Usuários da Trensurb reclamam de falta de manutenção na Estação São Luís, em Canoas

Empresa afirmou que consertos dependem da liberação de verba federal

Correio do Povo

Entre as principais críticas dos usuários estão a deterioração das estruturas compartilhadas, para trem e ônibus

publicidade

A falta de manutenção na Estação São Luís da Trensurb, em Canoas, tem sido alvo de reclamações de universitários e trabalhadores que embarcam e desembarcam diariamente no local. Entre as principais críticas dos usuários estão a deterioração das estruturas compartilhadas, para trem e ônibus, e os problemas na iluminação. 

Moradora de Canoas, Jeni da Silva Baptista, de 42 anos, que todos os dias pega o trem para ir a Porto Alegre, conta que já fez solicitações à empresa para que dê atenção especialmente aos pontos de ônibus, onde há maior concentração de pessoas. “A impressão que dá é que os pilares podem cair a qualquer momento. É inadmissível manter uma estrutura deste jeito, colocando em risco a segurança das pessoas.”

A Trensurb informa que a execução dos serviços corretivos referentes à iluminação da passarela da São Luís iniciou-se na última quinta-feira e que existe um contrato de manutenção predial vigente. Entre os trabalhos regulares nas estações, há serviços preventivos de limpeza de calhas, fossas, reservatórios e telhados, além de revisões elétricas e hidráulicas.

Ainda conforme a empresa, os demais serviços, incluindo consertos na iluminação, são executados conforme a necessidade. O contrato, no entanto, não contempla paradas de ônibus nas estações. 

A empresa diz que estuda a execução de um projeto de recuperação das paradas e terminais de integração onde há maior movimento ou maior necessidade de intervenção. O projeto depende de liberação de verba federal


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895