UTI Neonatal ampliada abre em Novo Hamburgo
capa

UTI Neonatal ampliada abre em Novo Hamburgo

Obras iniciaram em 2016 e receberam um investimento de R$ 1.295.110,59

Por
Fernanda Bassôa

UTI é dividida em três unidades: Terapia Intensiva, Cuidado Intermediário Convencional e Cuidado Intermediário Canguru

publicidade

Foi inaugurada nessa quinta-feira, em Novo Hamburgo, a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal e de Cuidados Intermediários (Canguru e Convencional), no Hospital Municipal. A estrutura, com capacidade para 25 leitos destinados aos recém-nascidos, foi ampliada e atualmente conta com um pouco mais de 350 metros quadrados. A partir de agora, os bebês que exigem cuidados intensivos voltam a ser atendidos junto à Maternidade e ao Centro Obstétrico.

As obras iniciaram ainda em 2016 e receberam um investimento de R$ 1.295.110,59, sendo R$ 818.780,00 do governo federal, R$ 208.179,09 dos cofres municipais e R$ 268.151,50 da Feevale, que repassou o valor para a aquisição de mobiliário e outros materiais. Durante o período de obras, a UTI Neonatal estava operando na Unidade Andorinha.

A Prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, diz que o espaço passou de 136 metros quadrados para 356, dobrando a área física para melhor acolher os bebês. “Em um período em que muitos municípios da região estão fechando leitos, nós estamos felizes em inaugurar estes setores. Para nós é uma alegria enfrentar estas adversidades, atendendo 100% SUS. Estamos comemorando, enquanto o Estado e o País enfrentam uma grande crise na área da saúde”, disse.

A UTI, inaugurada nesta quinta-feira, é dividida em três unidades: Terapia Intensiva (10 leitos), Cuidado Intermediário Convencional (10 leitos) e Cuidado Intermediário Canguru (5 leitos). As Unidades recebem recém nascidos considerados de alto-médio risco, os quais necessitam, na maioria das vezes, aguardar recuperação nutricional e maturidade pulmonar ou neurológica.