Venâncio Aires deverá ter segundo centro respiratório

Venâncio Aires deverá ter segundo centro respiratório

Prefeitura encaminhou à Câmara projeto de lei para criação de espaço destinado a pacientes com sintomas de Covid-19

Otto Tesche

publicidade

O município de Venâncio Aires implantará uma nova estrutura específica para atendimentos relacionados à Covid-19 junto à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas do bairro Cruzeiro. Com o investimento de R$ 111 mil por mês, o objetivo é colocar o novo Centro de Atendimento Respiratório (CAR) em operação a partir de 1º de março. Para viabilizar a medida, a prefeitura encaminhou à Câmara de Vereadores um projeto de lei para avaliação de forma emergencial a criação do novo espaço e a contratação de fiscais sanitários para atuar no combate ao novo coronavírus. 

A implantação da nova estrutura dará condições de dividir os atendimentos com o CAR atualmente existente no bairro Gressler, com a disponibilização de mais um médico, enfermeiro e técnico de enfermagem especializados na testagem e encaminhamento de pacientes com sintomas de Covid-19. O prefeito e secretário municipal da Saúde, Jarbas da Rosa, disse que o o novo centro, no lado oposto da cidade, deve reduzir a superlotação de atendimentos percebida nas últimas semanas no espaço já existente. 

Outra medida para melhorar o atendimento direto à população é a contratação de mais médicos para a rede municipal. Por meio de processos seletivos que já estão em andamento, o município busca cinco novos profissionais. Além disso, três que estavam em período de férias foram chamados de volta ao trabalho. “Estamos fazendo um esforço pessoal em busca de mais profissionais. Infelizmente não existem médicos livres no mercado, mas conseguimos contatos em universidades e outros municípios e três já devem iniciar nas nossas unidades de saúde na próxima semana”, afirma Jarbas da Rosa. 

O prefeito ainda informou que todas as unidades de saúde estão habilitadas para priorizar atendimento a pacientes Covid. “Estamos com 70% do atendimento nas UBSs e ESFs destinado à Covid. Por isso, pedimos a compreensão para que as pessoas que não estão com sintomas respiratórios evitarem procurar as unidades nesse período para outros atendimentos de rotina”, afirma. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895