capa

Vice-governador fala sobre segurança durante evento em Novo Hamburgo

Ranolfo Vieira Júnior destacou as ações em andamento do programa RS Seguro

Por
Correio do Povo

Workshop 'Observatório de Segurança Pública' ocorreu nesta quinta-feira

publicidade

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, foi o palestrante de abertura do workshop “Observatório de Segurança Pública”, que ocorreu nesta quinta-feira, na Casa das Artes, em Novo Hamburgo. O encontro abordou a importância da gestão do conhecimento, por meio da coleta de informações in loco na área da segurança. Ranolfo apontou as ações já em andamento do programa RS Seguro, lançado em fevereiro deste ano, e comentou os primeiros dados coletados. “Tivemos o melhor índice, envolvendo homicídios no mês de março no Estado, por exemplo, desde 2007. Uma leitura, uma evidência, pode indicar o melhor caminho no que diz respeito a ações de segurança, por isso a importância de observatórios”, afirmou.

A prefeita Fátima Daudt lamentou a morte de pai e filho durante assalto em Estância Velha na quarta-feira e também anunciou novidades sobre o plano de cercamento eletrônico que será implantado no Vale do Sinos. “Esse projeto envolve seis cidades e, através de integração ao sistema do Estado, irá identificar carros roubados ou clonados, pela placa, assim que ingressarem nas cidades”, explicou, afirmando que falta apenas a liberação do recurso para se iniciar a implantação do sistema. “Já foi escolhida a empresa que fará. Agora, falta pouco.” 

O evento foi promovido pela prefeitura e pela KPMG Consultoria como parte do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado, que realiza ações culturais e esportivas, envolvendo formação profissional para o mercado de trabalho, com jovens, visando à prevenção a violência.

Segurança é tema também em Taquaruçu do Sul

Os prefeitos da Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop) ouviram nesta quinta, durante assembleia da entidade em Taquaruçu do Sul, os planos e ações já realizadas na segurança pelo governo gaúcho. O secretário adjunto da Segurança Pública do Estado, coronel Marcelo Gomes Frota, e o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Mário Ikeda, relataram o trabalho dos primeiros 100 dias no setor. Um dos assuntos foi o programa RS Seguro, para tratar de investimentos, inteligência e integração. O coronel também avaliou que trabalho no segmento somente avança se ocorrer efetiva integração e soma de esforços entre Estado e município. “Sabemos da importância dos 43 municípios da Zona da Produção e estamos aqui para reforçar parcerias que resultem em conquistas em favor da população.”

O comandante-geral da BM disse que novas viaturas estão sendo entregues em diversas regiões do Estado e que haverá o reforço no efetivo. “Estamos conseguindo reduzir o número de homicídios e latrocínios, atuando ainda na área da prevenção”, destacou. Durante a reunião, mais dez municípios da região assinaram o termo de cooperação para o Sistema Segurança Integrada (SIM). A parceria garante ações conjuntas, como a implantação dos Centros de Videomonitoramento, um deles em Frederico Westphalen e que deverá reunir 43 municípios.

Com informações dos repórteres Stephany Sander e Agostinho Piovesan