Netanyahu liga para Biden para justificar ataque contra sede da AP em Gaza

Netanyahu liga para Biden para justificar ataque contra sede da AP em Gaza

Exército israelense bombardeou prédio em Gaza que abrigava escritórios da agência de notícias

AFP

Netanyahu telefonou neste sábado ao presidente americano Joe Biden

publicidade

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu telefonou neste sábado (15) ao presidente americano Joe Biden para justificar o bombardeio contra um prédio em Gaza que abrigava escritórios da agência de notícias Associated Press (AP). "Netanyahu enfatizou que Israel está fazendo todo o possível para evitar danos àqueles que não estão envolvidos" no conflito, disse o gabinete do primeiro-ministro israelense em um comunicado. "A prova é que os prédios com instalações terroristas são evacuados de pessoas não envolvidas antes de serem atacados", acrescentou. 

A agência de notícias americana AP declarou estar "chocada e horrorizada" com o ataque israelense que destruiu o edifício que abrigava seus escritórios e os da Al-Jazeera em Gaza. "Trata-se de um acontecimento incrivelmente perturbador. Nós evitamos por pouco uma terrível perda de vidas", disse o chefe da agência, Gary Pruitt, em nota. 

O local também abriga a Al Jazeera, emissora de televisão do Catar. A rede disse que vai tomar todas as medidas possíveis para responsabilizar o governo israelense por suas ações. A emissora considera que o ataque foi uma violação em flagrante dos direitos humanos e o classifica como um crime de guerra.

Veja Também

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895