Manifestantes mantêm bloqueios em ruas do Centro Histórico de Porto Alegre

Manifestantes mantêm bloqueios em ruas do Centro Histórico de Porto Alegre

Forças táticas da BM devem intervir apenas a partir das 5h30min

Correio do Povo

publicidade

Apesar da Ministério Público Federal (MPF) para que os manifestantes deixem as vias alvos de protesto desde o resultado do segundo turno das eleições presidenciais, as ruas do Centro Histórico de Porto Alegre continuam interrompidas na madrugada deste sábado. Cerca de 100 pessoas permanecem no local.

A Brigada Militar (BM) e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) começaram uma operação para desbloqueio do entorno do Comando Militar do Sul (CMS), no Centro Histórico. No entanto, as pessoas permanecem acampadas na Avenida Padre Tomé, junto ao cruzamento da Rua Sete de Setembro. 

O prazo inicial para a dispersão era meia-noite, mas o grupo continuou no espaço após o horário determinado. Conforme a  EPTC,  as forças táticas da BM devem intervir apenas a partir das 5h30min. Os apoiadores de Jair Bolsonaro estão no local desde o anúncio do resultado das eleições presidenciais. Entre as pautas, os apoiadores de Jair Bolsonaro  pedem intervenção das Forças Armadas e alegam suposta fraude no processo eleitoral. 

As forças policias buscam cumprir ordem emitida mais cedo pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para que as forças estaduais de segurança, em todo o país, desobstruam vias bloqueadas por pessoas descontentes com o resultado das eleições.


Assinante
Exclusivo para assinantes
Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895