Nutricionista explica benefícios da dieta Low Carb
capa

Nutricionista explica benefícios da dieta Low Carb

Plano alimentar baseado em consumir uma menor quantidade de carboidratos vem ganhando força aos adeptos de uma alimentação saudável e balanceada, destaca Thaise Costa

Por
Correio do Povo

publicidade

O plano alimentar baseado em consumir uma menor quantidade de carboidratos vem ganhando força aos adeptos de uma alimentação saudável e balanceada. Thaise Costa, nutricionista da Tia Sônia, explica alguns dos benefícios que a dieta Low Carb oferece à saúde

Conhecidos também como glicídios, os carboidratos estão presentes em cereais, leguminosas, frutas, raízes, entre outros, e são as principais fontes de energia utilizada pelo corpo, sendo essenciais para o seu funcionamento. Entretanto, quando consumidos em excesso, as fontes de carboidratos podem se transformar em açúcar na corrente sanguínea. “O organismo irá estocar essa grande quantidade e transformará em gordura”, explica a nutricionista Thaise Costa, da marca referência em alimentação saudável e produtos Low Carb, Tia Sônia.

Por conta disso, a dieta Low Carb acabou se tornando famosa pois, como o próprio nome já diz, é constituída de um plano alimentar que restringe o consumo do carboidrato. “Essa dieta é segura e eficaz, desde que haja um acompanhamento de um nutricionista para auxiliar nas melhores maneiras de substituição, a fim de não causar déficit de nutrientes no corpo. Pois mesmo sendo uma dieta eficiente, não funciona para qualquer pessoa, por isso ressalto a importância de um nutricionista para montar corretamente um plano alimentar”, ressalta a nutricionista. Confira os benefícios dessa dieta que já ganhou espaço na vida de muitas pessoas que buscam uma alimentação saudável e balanceada:
 

1 - Fome? Nem pensar

A dieta Low Carb, diferente das outras dietas que reduzem o consumo de alimento e acabam deixando as pessoas com fome, contempla a ingestão de produtos que provocam a sensação de saciedade, como gorduras boas, vegetais, proteínas e fibras.
 

2 - Tchau, gordura!

Essa dieta também possibilita o emagrecimento em ritmo mais acelerado do que as dietas com carboidratos liberados, pois garante a eliminação da gordura - proveniente do carboidrato - ao invés da perda da massa muscular.


3 - Pressão sanguínea de acordo

“Ingerir uma baixa quantidade de carboidrato auxilia no controle da pressão sanguínea, já que ocorre a diminuição da ingestão de glicose no organismo, principalmente para os que sofrem com esse fator elevado e que estão propensos a ter problemas como ataques cardíacos, derrames e falência renal”.
 

4 - Diminuição dos triglicerídeos  

Os triglicerídeos são moléculas formadas por açúcares que estão presentes no organismo. Quando o consumo de açúcares e carboidratos é diminuído, consequentemente os triglicerídeos serão reduzidos radicalmente, voltando aos níveis que são considerados como normais à saúde. “Quanto maior a taxa de açúcar no sangue, maior a taxa de triglicerídeos”.
 

5 - Redução de insulina e glicemia

As dietas Low Carb são conhecidas como os principais planos alimentares para quem sofre de diabete ou distúrbios metabólicos, já que a redução dos níveis de carboidratos no organismo contribui para o controle dos picos de insulina no sangue. Entretanto, a nutricionista ressalta a importância do acompanhamento médico nesses casos.


6 – Melhora do colesterol

Por ser rica em gorduras boas, a ingestão de alimentos Low Carb contribui para o aumento do colesterol bom (HDL), que tem um efeito de proteção para o coração, e para a melhora do colesterol ruim (LDL). Mesmo essas gorduras sendo consideradas como boas, devem ser consumidas com moderação.