Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 16/05/2014
  • 15:23
  • Atualização: 18:41

Ufrgs responde os 41 itens reivindicados pelos ocupantes da Reitoria

Estudantes realizam assembleia à noite para decidir se aceitam a posição da universidade

  • Comentários
  • Camila Kila / Rádio Guaíba

A Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) respondeu, nesta sexta-feira, a pauta de reivindicações dos estudantes que mantêm a ocupação do local, desde quarta-feira. O documento encaminhado pela universidade esclarece providências sobre cada um dos 41 itens listados pelo grupo, referentes a questões como segurança, direitos estudantis (restaurante universitário (RU), moradia estudantil e bolsa permanência), além da estrutura universitária, incluindo terceirizações de cargos, transporte, bibliotecas e infraestrutura geral.

A Reitoria descartou qualquer tipo de perseguição aos ocupantes, no caso de ocorrer desocupação imediata, sem danos ao patrimônio. Em relação a uma das reclamações dos alunos, sobre a invasão da Brigada Militar (BM) em evento na Escola Superior de Educação Física (Esef), em abril, a universidade garantiu ser contrária à presença dos órgãos policiais nos campi, com exceção de casos como homicídios e assaltos, por exemplo.

A Ufrgs também informou que vai providenciar melhorias como na iluminação, padronização do cardápio dos Restaurantes Universitários (RUs), realização de reformas e ampliação nas Casas de Estudantes e aumento no valor das bolsas permanência.

Os estudantes seguem ocupando a Reitoria e farão uma assembleia geral às 21h para avaliar a resposta da universidade e definir a posição adotada.

Bookmark and Share