Investigações buscam elucidar falha no oxigênio que resultou em 6 mortes em Campo Bom

Investigações buscam elucidar falha no oxigênio que resultou em 6 mortes em Campo Bom

Caso ocorreu no Hospital Lauro Reus na última sexta-feira

Stephany Sander

Caso ocorreu no Hospital Lauro Reus na última sexta-feira

publicidade

Três investigações estão em andamento após a morte de seis pessoas devido a uma pane no sistema de oxigênio do Hospital Lauro Reus, em Campo Bom, na última sexta-feira. Pelo Ministério Público Estadual, a promotora Letícia Elsner Pacheco, abriu inquérito e aguarda para esta semana as informações da sindicância em andamento na instituição de saúde. 

No Lauro Reus, uma comissão foi instaurada, ainda na sexta-feira, e esta realizando reuniões diárias com o objetivo de descobrir a instabilidade que ocasionou a pane no sistema de oxigênio. De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital, não serão emitidas novas notas até a conclusão da sindicância.

A empresa Air Liquide Brasil, fornecedora de gás contratada pelo hospital, já prestou informações à direção da instituição e informou que cabe à unidade de saúde gerir seu estoque, mas que mantém os tanques monitorados por telemetria. Diante da possibilidade de níveis críticos de oxigênio, um alarme é acionado para que seja ativado o back up, composto por um conjunto de cilindros de reserva. A empresa destaca ainda que na situação da última sexta, o abastecimento de oxigênio foi imediatamente restabelecido.

Já por parte da Polícia Civil, o delegado Clóvis Nei da Silva coordena as investigações e informou que já recebeu alguns atestados de óbito das vítimas, e colheu alguns depoimentos de testemunhas. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895