ANC inaugura memorial com a história da pecuária brasileira

ANC inaugura memorial com a história da pecuária brasileira

Exposição pode ser visitada na sede da Associação Nacional dos Criadores Herd- Book Collares (ANC), em Pelotas, com agendamento prévio

Angélica Silveira

O presidente da ANC e a prefeita de Pelotas inauguraram o memorial da entidade

publicidade

A Associação Nacional dos Criadores Herd- Book Collares (ANC) abriu, na tarde desta segunda-feira, 7, um verdadeiro museu da pecuária de corte brasileira. A exposição permanente é composta por fotos, livros, registros centenários e artefatos utilizados nos primórdios da atividade.

O acervo pode ser conferido na sede da entidade, que é tombada pelo patrimônio histórico, no centro de Pelotas. As visitas podem ser agendadas pelo telefone (53) 3222-4576.

"O espaço servirá como fonte de inspiração para futuras gerações, destacando peças fundamentais para a agropecuária no país", celebrou o presidente da ANC, Joaquin Villegas.

Em seu discurso, Villegas também destacou os 50 anos do Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (PROMEBO).

"O Promebo fez com que o Brasil se destaque nos maiores produtores de carne do mundo, transformando a realidade da pecuária do país", assegurou o presidente da ANC.

O memorial foi o resultado de uma pesquisa de quatro meses, conforme explicou o museólogo, Renan da Mata.

"O acervo também representa a história de Pelotas. É um grande volume de bens que conecta passado, presente e futuro, preservando a memória coletiva. A história da ANC, inclui relatórios anuais, livros da associação, sendo a principal fonte de pesquisa", relatou.

Entre as autoridades presentes da abertura da exposição estava a prefeita Paula Mascarenhas, que teve seu pai como presidente da ANC nos anos 70. Em seu discurso, ela lembrou da alegria em estar no local.

"Sempre me reencontro aqui com as minhas origens, ao meu pai. Devo muito a quem eu sou e ele deve muito a esta casa. Foi formado por esta casa, pela ética, pela dedicação ao trabalho que aqui se fez. Além dele há outros que por aqui passaram, um patrimônio de todos nós", destacou a prefeita.

O que faz a ANC?

A ANC é uma entidade sem fins econômicos. Responsável pela coleta, estruturação e manutenção da base de dados formadora do Arquivo Zootécnico Nacional, a instituição abrange várias raças bovinas de origem europeia e suas cruzas, por delegação do Ministério da Agricultura e Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Atualmente, a ANC tem em torno de mil associados de todos os estados brasileiros, sendo a maioria do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná. Os registros contabilizam 40 raças, sendo 33 bovinas, quatro bubalinas e três equinas.

Sua origem está na Associação do Registro Genealógico Sul Riograndense, fundada em 15 de novembro de 1921, em Bagé. Era constituída pelos criadores que registraram os produtos no "Herd-Book Collares", criado em 1906 pelo engenheiro agrônomo Leonardo Brasil Collares.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895