De lenço com as cores do RS, Jair Bolsonaro visita a Expointer

De lenço com as cores do RS, Jair Bolsonaro visita a Expointer

Agenda presencial inclui almoço na Farsul e visita a pavilhões

Andre Malinoski

Público recebe Bolsonaro na Expointer

publicidade

O presidente Jair Bolsonaro chegou à Expointer às 11h deste sábado, acompanhado pelo deputado federal Bibo Nunes e por demais integrantes de sua comitiva. O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, representando Eduardo Leite, acompanhou o chefe do Executivo nacional no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Durante o passeio pela Expointer, Bolsonaro foi ovacionado pelos simpatizantes. Houve muitos gritos de apoio. O presidente estava com um lenço com as cores do RS em torno do pescoço.

Assim que ingressou no Parque, o presidente foi em caminhada em direção a apoiadores perto do Banco do Brasil para tirar fotos e interagiu com muitos simpatizantes. O chefe de Estado ouviu gritos de “mito”. Em seguida, Bolsonaro foi para área onde fica o gado leiteiro. 

Bolsonaro se aproximou da área em que está a imprensa às 11h45min, cercado por dezenas de políticos e apoiadores. O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, e o filho do presidente, o vereador pelo Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro também estavam junto. 

“Bolsonaro cadê você! Eu vim aqui só pra te ver”, gritavam ao fundo do Pavilhão Internacional. A ministra da Agricultura, Maria Tereza Cristina, e a secretária estadual da Agricultura, Silvana Covatti, também esperavam sua chegada. Ranolfo Vieira recebeu o presidente, mas não caminhou por estar com problema no joelho. Por volta do meio-dia, o presente entrou no Pavilhão Internacional e passou pela imprensa sem dar declarações. Ele tirou fotos e falou com os apoiadores que esperavam no local. 

Às 12h30min, Bolsonaro foi para o restaurante almoçar e receber a Medalha do Mérito Farroupilha, maior distinção dada pela Assembleia Legislativa. O estande do Senar, onde é realizado o almoço com Bolsonaro, recebeu bastante público à espera do presidente. Na refeição oferecida pela Farsul ao presidente e a um grupo de convidados, é oferecido feijão mexido, batata frita e carne. A Casa da Farsul estava sendo preparada desde os últimos dias para a visita deste sábado. Bolsonaro não visitou o Pavilhão da Agricultura Familiar, como era previsto na programação. 

O vice-governador Ranolfo Vieira deixou o almoço e disse que Bolsonaro discursou em agradecimento ao pessoal da Agricultura. às 14h, o presidente presidente saiu do Parque Assis Brasil pelo portão 6. Bolsonaro acenava para o público.

O general Augusto Heleno, também com um casaco amarelo, foi presenteado com o azeite de oliva Herança do Cerro, de Encruzilhada do Sul, enquanto acompanhava Bolsonaro no estande do Ministério da Agricultura. “Quero mandar um abraço para os gaúchos, os colorados e gremistas, e o pessoal do Brasil de Pelotas. Está tudo bem”, disse. O presidente recebeu muitos presentes, como botas, sapatos e vinhos, em vários pontos da feira.

 

Veja Também

Bolsonaro esteve na Expointer pela última vez em 2018, quando era candidato à Presidência da República pelo PSL e foi recebido sob aplausos por lideranças do agronegócio. Como presidente, esta é sua primeira participação na feira, já que, em 2019, acabou não comparecendo e, no ano passado, o evento não contou com público por conta da pandemia de Covid-19.


publicidade


publicidade


publicidade


publicidade



publicidade


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895