Municípios gaúchos podem receber até R$ 80 mil para amenizar efeitos da seca

Municípios gaúchos podem receber até R$ 80 mil para amenizar efeitos da seca

Grupo que trabalha em medidas contra estiagem inicia contato com prefeituras na próxima semana

Correio do Povo

publicidade

A Sala de Situação, grupo que trabalha em medidas de controle da seca no Estado, inicia na próxima semana contato com municípios para orientá-los sobre a distribuição dos R$ 18,7 milhões oriundos de recursos para ações preventivas. Em reunião nesta sexta-feira, ficou definido teto de R$ 80 mil por prefeitura e prioridade para revitalização de 237 poços artesianos.

De acordo com a coordenadora da Sala de Situação, a secretária-adjunta da Casa Civil, Mari Perusso, a agilidade das obras motivou a orientação. Anunciada há uma semana, a verba para socorro humanitário, que soma R$ 18 milhões, chegou, ontem ao caixa de oito municípios, sendo que 21 prefeituras também devem receber até segunda-feira.

Também nesta sexta, o secretário de Obras, Luiz Busato, adiantou que recebeu a informação de que o Ministério da Integração vai liberar R$ 600 mil para o Plano Estadual de Irrigação. Um estudo sobre os gargalos que impedem o avanço de investimentos hídricos no RS será o primeiro passo do projeto, que será iniciado em 30 dias. Os detalhes serão acertados na terça-feira, em Brasília, quando também será discutido repasse de R$ 8 milhões para os projetos dos canais das barragens de Jaguari e de Taquarembó.

Bookmark and Share

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895