RS encerra colheita da safra 2023/24 de arroz com 1% menos ante a 2022/23, diz Irga

RS encerra colheita da safra 2023/24 de arroz com 1% menos ante a 2022/23, diz Irga

Produção resulta de 851,6 mil hectares cultivados com o grão ou 94,61% dos 900,2 mil hectares semeados

Estadão Conteúdo

Excesso de chuva castigou lavouras orizícolas gaúchas este ano

publicidade

O Rio Grande do Sul encerrou a colheita do arroz da safra 2023/24, informou em nota o Instituto Rio-Grandense do Arroz (Irga). A produção total alcançou 7,162 milhões de toneladas, queda de apenas 1% em relação à temporada passada, que somou 7,239 milhões de toneladas.

Ainda conforme o Irga, na safra 2023/24 foram semeados 900.203 hectares de arroz irrigado, sendo colhidos 851.664,22 hectares, que correspondem a 94,61% da área semeada, com uma média de produtividade de 8.410 quilos por hectare.

De acordo com levantamento semanal do Núcleos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Nates) do Irga, em decorrência das enchentes registradas no Estado, foram perdidos 46.990 hectares de área plantada com o cereal, equivalentes a 5,22% do total semeado. Os prejuízos se concentram principalmente na região central do Estado.

O secretário interino da Secretaria de Agricultura gaúcha, Márcio Madalena, afirmou em nota que os dados trazidos no relatório superam as estimativas do período anterior às enchentes.

“Isso nos dá segurança para manter posicionamento de que nunca houve justificativa técnica que comprovasse a tendência de desabastecimento de arroz no Brasil, em função da calamidade pública do Estado”, disse.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895